terça-feira, 6 de setembro de 2011

Conto: Anjelika, da amizade ao destino






      Tudo começa em 1999 numa Escola em sapucaia do Sul...com um estudante chamado Dino.
   Ele é um rapaz meio "doido" na visão dos demais estudantes e brilhante na visão de seus poucos admiradores e professores.
    Até que num dia 13 de abril, apareceu uma moça mais linda do mundo da sala ao lado, ela era do terceiro ano...tinha cabelos pretos ,pele clara, e olhos azuis como de um céu do horizonte.. ale´m de seus miseros 15 anos de idade
   O coração de Dino disparou como uma bomba de ar... e ele ficou mais sem fôlego quando essa mocinha lhe deu um oi e um sorriso mais lindo do que um dia perfeito..
   Ela se apresentou como Anjelika e disse que valoriza muito as pessoas como o Dino, pois disse que também tinha um dom...
   Os dias foram passando e Dino e Anjelika se falavam como velhos conhecidos... Dino chegou a declarar que estava vidrado nela, mas ela preferiu que ficassem apenas amigos, afinal, eram quase 11 anos de diferença um do outro...
   Porém , Dino não se abalou.. ele continuou sendo amigo de Anjelika e ambos compartilhavam muitas atividades juntos...
   E Anjelika não saía com nenhum outro rapaz que não fosse o Dino, afinal, eles eram fracos demais e desprovidos de inteligencia na visão dela, para alívio do nosso amigo.
  Tinha um dia que um rapaz fortão como o Rambo e com um porsche  na direção ofereceu carona para Anjelika passear onde ela queria ir, mas ela preferiu caminhar a pé com o Dino, afinal, ela não se vendia por qualquer carro ou corpo masculo que não passa de armadura que perece com a idade.
  Dino teve sorte de conhecer uma verdadeira MULHER em forma de menina, pois ela era diferente das outras que se diziam melhores....
  Dino e Anjelika passaram o ano fazendo muitas coisas e conversando sobre muitas coisas, até que numa noite na porta da casa de Anjélika, os dois se beijaram na boca e assumiram o namoro...
  Até esse podia ser um final feliz para Dino, pois finalmente ele tinha em mãos a mulher mais linda e brilhante da sua vida...
  No dia seguinte os dois estavam muito felizes com o inicio do namoro, e só se divertiram como crianças..
  Eles entravam na loja Radan só pra experimentar roupas e fantasiar umas histórias com as roupas que vestiam...era como um teatro de rua que até as funcionarias da loja se divertiram com a criatividade de ambos..
  Logo foram embarcar num onibus da Real rodovias e ficaram indo sem destino algum embarcados lá , sem se importar com a lotaçao do onibus e trocaram piadas e musicas para divertir os passageiros..
  Na usina do Gasometro Dino e Anjelika subiram até ao topo para ver o sol poente e tornaram se a beijarem na boca.... FIM DA PRIMEIRA PARTE

Um comentário:

  1. Bela história viny!!!
    continue postando que eu vou curtir direto...

    ResponderExcluir